Telegram: Saiba como usar o Telegram do zero

PUBLICIDADE

O que é Telegram?

O Telegram Messenger é um aplicativo de mensagens que funciona na Internet, assim como o WhatsApp ou o Facebook Messenger. Isso significa que você pode enviar mensagens gratuitamente usando uma conexão wi-fi ou sua permissão de dados móveis (desde que você tenha dados suficientes).

Segundo o Telegram, o serviço tem mais de 200 milhões de usuários ativos mensais. Foi lançado em 2013.A base de usuários do Telegram tende a aumentar sempre que um escândalo de privacidade atinge um de seus maiores concorrentes.

Como funciona o Telegram?

O Telegram é um aplicativo de mensagens baseado na nuvem, como o Whatsapp, mais aberto, seguro, protegido e privado. Todas as mensagens enviadas por telegrama podem ser criptografadas facilmente removidas ou removidas. Você pode enviar arquivos de até 1,5 GB, toda a mídia pode ser armazenada na nuvem.

Diferença entre Telegram e Telegram X.

O Telegram é um aplicativo de mensagens cada vez mais popular, graças ao seu foco na segurança e no preço gratuito. Um cliente alternativo chamado Challegram apareceu há algum tempo e agora os desenvolvedores do Telegram o adquiriram e mudaram o nome para Telegram X. Ele inclui todos os recursos básicos de mensagens do aplicativo regular do Telegram, mas também existem alguns recursos experimentais.

O Telegram X foi desenvolvido para ser visivelmente mais rápido e suave do que o aplicativo principal do Telegram – as animações são realmente impressionantes. Você também pode pressionar demoradamente as conversas para obter uma visualização pop-up. Modo noturno? Isso também está incluído no aplicativo. O tamanho do texto também é totalmente configurável.

PUBLICIDADE

O aplicativo Challegram original adquirido pela Telegram foi baseado no TDLib (Telegram Database Library) aberto, mas não é o único a esse respeito. Os desenvolvedores devem ter visto algo especial neste cliente para obtê-lo. Já é excelente, mas talvez se torne o aplicativo principal do Telegram algum dia. Por enquanto, você pode instalar o Telegram X e fazer login com sua conta existente para testar.

Quem é mais seguro WhatsApp ou Telegram?

A resposta mais correta seria nenhuma. Desde que as mensagens sejam enviadas em um canal digital – público ou privado – elas correm o risco de serem interceptadas e espionadas. O relatório de pesquisa do MIT afirmou que o Telegram possui vulnerabilidades semelhantes a qualquer outro aplicativo de mensagens. O WhatsApp – mesmo que possua criptografia de ponta a ponta, elogiado por vários especialistas em segurança – pode ser propenso a hackers se o dispositivo estiver comprometido. Depois que o dispositivo é comprometido, torna-se absolutamente fácil para o hacker copiar dados do dispositivo da vítima.

Um relatório da IANS afirma: “A criptografia é fundamentalmente falha e, uma vez que os hackers conhecem qualquer vulnerabilidade ou bug no ecossistema de segurança do aplicativo, incluindo o sistema operacional móvel, seus dados pessoais ficam à sua mercê”. A afirmação é verdadeira e vimos exemplos com o Pegasus e o relatório do MIT.

O problema é que a base colossal de usuários do WhatsApp é o que poderia atrair hackers para ele em primeiro lugar. Em segundo lugar, a criptografia de ponta a ponta é inútil se o sistema operacional tiver sido comprometido.

Qual o melhor: Whatsapp ou Telegram?

O Telegram desafia a primazia do WhatsApp, fornecendo vários recursos de segurança que o WhatsApp não possui. Começando, o Telegram permite vários dispositivos com um único login de conta ao mesmo tempo.

Há uma opção de bate-papos secretos também. As conversas secretas são armazenadas no armazenamento local, em oposição ao armazenamento na nuvem. Além disso, no Telegram, as mensagens podem ser definidas para se autodestruir – como no Snapchat.

No entanto, o Telegram não possui criptografia de ponta a ponta padrão, o que desperta a ira dos especialistas em segurança, juntamente com os problemas com seu protocolo de criptografia proprietário. Para ativar a criptografia de ponta a ponta, os usuários terão que selecionar o recurso ‘Chat secreto’.

PUBLICIDADE

Um relatório do MIT fala sobre o MTProto, informando o resultado final de toda a segurança e retenção de dados aqui, é que os usuários terão apenas que confiar no Telegram que não venderão seus dados. A ideia aqui é, como declarado no relatório, “o Telegram usa um protocolo criptográfico caseiro chamado MTProto, uma decisão que tem sido fortemente criticada; a doutrina de segurança comum determina que os desenvolvedores nunca devem ‘rolar seus próprios’ criptografias e devem deixar criptográficos.

Além disso, pesquisadores do MIT descobriram que os hackers ainda podem apontar um usuário para o segundo quando um usuário fica on-line ou off-line – o resultado do Telegram expor uma pegada digital crucial chamada Metadados. O relatório do MIT declarou: “O telegrama possui um recurso de ‘bate-papo secreto’, que não é ativado por padrão. As conversas secretas são a versão do Telegram da criptografia de ponta a ponta. As mensagens são destruídas após um prazo definido pelo usuário e devem não pode ser recuperado.

O Telegram optou por não tornar as mensagens criptografadas de ponta a ponta por padrão para aprimorar a experiência do usuário: as conversas secretas são vinculadas a dispositivos específicos e é impossível continuar uma conversa em um dispositivo em que não foi iniciado. Não acreditamos que isso seja aceitável, pois muitos usuários não especialistas em tecnologia assumem que ninguém jamais pode acessar suas mensagens, quando na verdade eles confiam no servidor para a segurança “.

No entanto, o Telegram parece ser a opção número um quando se trata de usuários que procuram um serviço seguro. O uso do Telegram aumentou em 2013 durante as conversas de Kakao na Coréia do Sul e agora durante os protestos de Hong Kong em 2019 contra o governo chinês.

De vantagens, o Telegram permite aos desenvolvedores criar seus próprios aplicativos de Telegram. Os desenvolvedores podem criar bots e os usuários podem criar conjuntos de adesivos. Os usuários podem se inscrever em canais que permitirão aos criadores enviar mensagens aos seus assinantes com um único toque.

Ao contrário do WhatsApp, que tem criticado a ideia de anúncios em sua plataforma, o Telegram não. O Telegram declarou que o acesso aos dados pessoais que seriam recebidos pelos anunciantes contraria seus códigos morais. O financiamento vem privativamente de Pavel Durov. O aplicativo também pode recorrer a doações de usuários ou a um modelo freemium que aumenta a receita, se necessário. O Telegram declarou: “Obter lucros nunca será um objetivo final para o Telegram”.

No entanto, como todos os outros canais de mensagens rivais, o Telegram também apresenta uma abordagem convencional de usar o armazenamento em nuvem para seus dados. O relatório de pesquisa do MIT afirma: “Como muitos de seus concorrentes, o Telegram segue uma abordagem convencional de usar o armazenamento em nuvem para seus dados. Isso significa que se um adversário puder para obter o controle do sistema do servidor, eles terão acesso a (pelo menos) mensagens não criptografadas e, definitivamente, a todos os metadados. As mensagens entre os usuários e o servidor são transmitidas de acordo com o protocolo de mensagens MTProto da Telegram. ”

O que é Bot no Telegram?

Bots são simplesmente contas Telegram operadas por software – não por pessoas – e geralmente possuem recursos de inteligência artificial. Eles conseguem fazer de tudo – pesquisar, ensinar, lembrar, transmitir e etc.

Para baixar o Telegram acesse o link: https://play.google.com/store/apps/details?id=org.telegram.messenger&hl=pt_BR

 

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Play Store
Play Store

Play Store | Preço: Grátis | Categoria: Aplicativo

Roblox
Roblox

Roblox Corporation | Preço: Grátis | Categoria: Jogo

Minecraft
Minecraft

Mojang Studios | Preço: R$ 19,99 | Categoria: Jogo

Duolingo
Duolingo

Duolingo | Preço: Grátis | Categoria: Educação

Netflix
Netflix

Netflix | Preço: Grátis | Categoria: Entretenimento



PUBLICIDADE