Spotify: O Guia Definitivo para novos usuários

PUBLICIDADE

O Spotify é um serviço de streaming digital. Em outras palavras, é um aplicativo que te permite ouvir músicas sem precisar fazer download da mesma, somente seu dispositivo ser acesso à internet. Ele dá acesso instantâneo a milhões de músicas, podcasts, vídeos e outros conteúdos de artistas de todo o mundo.

As funções iniciais são gratuitas, como a reprodução de músicas. Porém, você também pode fazer upgrade para o Spotify Premium. De qualuqer forma, sem pagar, você consegue: Encontrar o que você quer ouvir com os recursos Navegar e Buscar. Receber recomendações de recursos personalizados, como as playlists. Além disso, montar suas próprias playlists de músicas. Ver o que as celebridades, amigos e artistas que você segue andam escutando. Criar suas próprias estações de rádio.

O Spotify está acessível para vários dispositivos. Isso inclui tablets, computadores, celulares, alto-falantes, TVs e carros. Não limitado à isso, é muito fácil passar de um dispositivo a outro com o Spotify Connect.

Quanto custa?

Existem quatro planos: Premium Individual, Premium Universitário, Premium Duo e Premium Família. Confira o preço de cada um deles:

– Individual: R$ 16,90 por mês
– Família: R$ 26,90 por mês
– Duo: R$ 21,90 por mês
– Universitário: R$ 8,50 por mês

PUBLICIDADE

Quanto o Spotify para por stream?

O Spotify realiza pagamentos por reprodução ou a cada vez que alguém escuta uma música. Em 2017, os valores que eram transferidos pelas gravadores era de US$ 0,0038 por vez que uma música é escutada.

No entanto, logo quando começou 2018, o serviço de streaming aumentou seus pagamentos para US$ 0,00397. Dessa forma, a cada 1.000 reproduções, o valor repassado para a gravadora é de aproximadamente US$ 3,97.

Essa monetização dada pelo Spotify é satisfatória em geral para os artistas?

Sem dúvida, essa é uma das perguntas mais conhecidas e que gera discussão quando se fala em serviços de streaming de música. Os artistas que possuem contratos com plataformas como o Spotify e gravadoras não precisam necessariamente investir em marketing, visto que as empresas são responsáveis pela divulgação e publicidade. Sedo assim, o seu investimento é realmente muito mais baixo.

Dessa forma, embora os artistas que não possuem contrato podem ganhar mais por reprodução ou CD vendido, eles têm o não bônus ou desvantagem de pagar sozinhos com os custos de publicidade, divulgação, demais.

As sugestões dadas pelo Spotify são CDBaby, EmuBands e DistroKid. A DistroKids e EmuBands pagam por transferência internacional. A forma de pagamento é parecida ao Google Adsense, o programa de parceria entre criadores de conteúdo em texto e o Google.

O Spotify anunciou um programa, ainda em fase de teste, que possibilitará aos artistas independentes publicarem suas músicas diretamente na plataforma. Atualmente, os músicos só podem participar desta iniciativa por meio de um convite feito pelo próprio Spotify.

PUBLICIDADE

Qual é a opção mais rentável para o artista?

Infelizmente, é difícil determinar qual modelo possui mais vantagem para o artista. A princípio, o Spotify é a opção mais vantajosa. É possível afirmar que a plataforma alcançou o número de 100 milhões de usuários pagantes. O total de usuários, no mesmo período, atingiu o patamar de 217 milhões. Isso é realmente muito bom e traz a base de que o Spotify é a melhor opção, embora não se sabe ao certo.

Não obstante à isso, existem alternativas que os artistas podem testar. Essas, por sua vez, ofertam diferentes valores de pagamento por música ouvida. Importante notar que o artista precisa de fato analisar é o número de usuários e a possibilidade de alcançar o maior público possível.

Qual o melhor aplicativo para ouvir música: Spotify ou Deezer?

Spotify e Deezer são os principais aplicativos de música disponíveis no Brasil, atualmente. Possível usarmos eles no celular, PC, web, TV e outras plataformas. Eles possuem quase o mesmo custo para assinantes pagos. Eles disponibilizam um pacote de benefícios bem parecido. A versão grátis possui restrição de funções e propaganda A versão paga com download liberado. De qualquer maneira, existem diferenças importantes de se destacar que precisam ser levadas em consideração na momento de tomar a decisão de qual é o melhor aplicativo para ouvir música. Vamos à seguir em cada tópico apresentar o comparativo.

1. Design e usabilidade

Os aplicativos possuem o modo de uso bem parecido, em destaque após a última atualização do Spotify para mobile. No aplicativo para celular, as funcionalidades estão dispostas em alguns menus. Os dois aplicativos possuem abas de início, de busca e um botão que leva ao acervo pessoal. Eles têm playlists criadas previamente pelos funcionários e músicas marcadas como favoritas. O Deezer com quatro botões para a função Flow, que é uma playlist inteligente baseada no gosto do usuário.

Eles possuem uma tela escura e navegação baseada em cartões que torna a usabilidade rápida e agradável. Possuem conteúdos variados logo na tela de carregamento ao abrir os aplicativos que ajudam a descobrir conteúdo novo e a tocar músicas que podem satisfazer, de forma personalizada, o usuário. Isso é de acordo com a análise do histórico feita pelo algoritmo. Uma ponto positivo para o Deezer é a opção “Downloads” no menu Minha Música, que dá acesso rápido a todos os conteúdos salvos no aparelho.

No Spotify, entretanto, a ferramenta de busca nos fornece uma variedade maior de meios de pesquisar e encontrar uma música, com uma seleção mais abrangente de tipos de música e nichos para escolher. Em um todo, porém, nada chega a ser relevante de modo que cause diferenciação de maneira profunda um ou outro serviço em termos de design de tela.

2. Sistema de recomendações

É impossível determinar que um ou outro aplicativo tem um algoritmo melhor. De outra maneira, o Spotify aos olhos de quem não é programador e está somente usando o aplicativo, parece tirar melhor proveito da estimativa de relevância do usuário para oferecer conteúdo mais assertivo. O serviço nos fornece uma variada opção de playlists categorizadas por estilo e em função do gosto do usuário e permite criar, de maneira rápida, uma rádio baseada em uma música ou artista.

O Deezer, de outra maneira, armazena seus esforços no Flow, uma playlist realmente útil para prever músicas que o usuário poderá gostar de ouvir. De todo modo, isso pode pode misturar variados nichos em uma única sessão e acabar não agradando tanto, embora ele pode, por exemplo, misturar com ritmo e animadas com mais lento na mesma lista de reprodução.

3. Catálogo de músicas

O aplicativo Deezer possui o maior catálogo de músicas entre todos os aplicativos de ouvir música. Com 56 milhões de músicas contra 35 milhões do Spotify. Entretanto, embora haja essa vantagem numérica para o Deezer, é frequentemente comum que músicas cheguem ao mesmo tempo em todos os serviços. Basta se você não encontrar um artista em uma plataforma, é cada vez mais provável que ele não esteja em nenhuma, infelizmente. De todo modo, ao menos buscando a música no YouTube você conseguirá consumir.

D todo modo, está ficando cada vez mais difícil não encontrar um álbum para ouvir digitalmente nesses aplicativos. Os grupos mais famosos que vinham não querendo distribuir seu conteúdo neles, tal como Metallica, Led Zeppelin AC/DC e The Beatles, já disponibilizam conteúdo tanto no Deezer quanto no Spotify e isso é incrível.

Em conclusão sobre esse subtópico, os catálogos possuem diferenças mínimas, muitas vezes relacionadas a presença de especiais exclusivos de cada aplicativo. Ambos possuem com esse tipo de conteúdo, que fica sobre o Spotify Singles e Deezer Sessions. Afinal, eles precisam se diferenciar de ambos e isso acaba sendo uma solução.

4. Qualidade das músicas

Não há como negar que o Deezer possui melhor qualidade quando comparado ao Spotify, embora ele possua boa qualidade. O Deezer possui streaming lossless (sem compressão) no plano mais caro e desde que o usuário tenha um aparelho compatível. As outras alternativas de qualidade da modalidade premium comum são as mesmas do Spotify. Elas são de 320kbit/s e 24kbit/s. O Spotify, porém, fornece uma taxa de transmissão um pouco maior em comparação com o concorrente na modalidade gratuita: 160 kbit/s contra 128 kbit/s no Deezer.

5. Plataformas compatíveis

Essas aplicativos estão disponíveis em uma quantidade enorme de dispositivos. Desdecelulares e computadores (programa desktop e web) até smartwatches (sim, acredite!) e caixas de som smart (inteligente). Eles também encontra-se disponíveis para sistema Android TV, Chromecast, além de smart TVs de fabricantes como LG, Samsung, Philips e Sony. No entanto, o Deezer não possui algo relevante: entre os video-games, só tem aplicativo no Xbox One, visto que o Playstation dá exclusividade para o Spotify e isso torna-se um diferencial para ele.

6. Preço

Ambos os aplicativos possuem planos gratuitos com anúncios, visto que isso é uma boa estratégia de marketing, embora antiga. Além disso, possui funcionalidade limitada, com reprodução aleatória de álbuns e playlists. Em outras palavras, é impossível dar play em uma música específica. No plano premium (pagante mensal), não há propaganda e é possível, neste caso, tocar qualquer faixa à vontade, mais fazer download de conteúdo para ouvir sem estar conectado à internet.

Eles possuem preço similar que custa R$ 16,90 no Premium comum. A oferta no período inicial: no Spotify, o mês inicial é de graça. No Deezer, os três primeiros meses são cobrados uma taxa única de R$ 1,99. Os streamings possuem funcionalidade de conta família que inclui até seis contas de uso independente por R$ 26,90 mensal. Além disso, possui o plano estudante pelo preço em função à metade do premium. O Deezer, por sua vez, possui a modalidade HiFi, com áudio lossless, que tem mensalidade de R$ 33,80.

Se possui alguma dúvida que não foi respondida nessa matéria, não hesite em contactar diretamente o Spotify clicando aqui. O atendimento é muito bom, vale a pena tentar.

Ainda não possui o Spotify baixado no seu celular? Acesse https://play.google.com/store/apps/details?id=com.spotify.music&hl=pt_BR

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Play Store
Play Store

Play Store | Preço: Grátis | Categoria: Aplicativo

Roblox
Roblox

Roblox Corporation | Preço: Grátis | Categoria: Jogo

Minecraft
Minecraft

Mojang Studios | Preço: R$ 19,99 | Categoria: Jogo

Duolingo
Duolingo

Duolingo | Preço: Grátis | Categoria: Educação

Netflix
Netflix

Netflix | Preço: Grátis | Categoria: Entretenimento



PUBLICIDADE