[Galaxy S4: Qual versão devo comprar?]

Além da diferença no processamento, fator 4G pode pesar na escolha

por - Quarta-feira, 08 de Maio de 2013

Galaxy S4: Qual versão devo comprar?
O Galaxy S4 chegou ao Brasil! Já houve festão de lançamento, vendas reais de unidades e a maioria das lojas seguem realizando pré-venda, já que os modelos começam a chegar de fato aos estoques das mesmas a partir de hoje, 8 de maio. Pela primeira vez, desde o início da era Galaxy S, a Samsung pôs à disposição dos usuários brasileiros, de forma imediata, duas versões: I9500 e I9505. A primeira possui o processador Octa-core, até então inédito em smartphones, já a segunda carrega sob seu capô um quad-core de bastante sucesso.
[ Mas porque diabos a Samsung resolveu lançar modelos contendo hardware diferentes? ]
Bem, essa não é a primeira vez que a empresa segue este caminho. O Galaxy S3, por exemplo, possui três versões distintas ao redor do mundo (Quad-core + 1GB de RAM, Dual-core + 2GB de RAM e Quad-core + 2GB de RAM).

Desta vez, a empresa alegou problemas de compatibilidade entre o novo processador Exynos 5 Octa-core e as redes 4G LTE, convocando assim o Snapdragon 600 quad-core da Qualcomm para realizar tal trabalho. Existe previsão de que a Samsung comece a produção do processador Exynos 5 com suporte às redes LTE ainda no primeiro semestre deste ano, já que os problemas parecem ter sido solucionados.  
[ Quais as diferenças entre as duas versões? ]
 O I9500, sem suporte às redes 4G, apenas 3G, possui o tal processador Octa-core, que na verdade é a junção de dois processadores quad-cores ( Cortex-A15 1.6 GHz e Cortex-A7 1.2 GHz) e conta com a GPU "PowerVR SGX 544MP3. Preço inicial: R$ 2.399,00.

O I9505, com suporte as redes 4G, tem o já consagrado processador Quad-core Qualcomm Snapdragon 600 1.9 GHz, além da GPU "Adreno 320". Preço inicial: R$ 2.499,00. 

No mais, as duas versões seguem as especificações já conhecidas.
[ Eu vou comprar o I9500, afinal é um Octa-core... ]
 Calma lá. Não é porque a Samsung diz que possui um processador Octa-core que devemos achar que ele será duas vezes mais rápido que os quad-cores em geral. Na verdade, a empresa coreana colocou uma dupla de quad-cores dentro do aparelho e o chamou de octa-core. O composto de oito núcleos, inicialmente, não vai trabalhar simultaneamente por uma limitação do Android, que ainda não está preparado para isso, porém isso pode mudar em pouco tempo.  

A ideia da Samsung foi ter uma maior eficiência, economizar poder de processamento em tarefas fáceis. Assim, para tarefas leves ele usa o A7 de "apenas" 1.2 GHz. Quando o trabalho ficar pesado, quem entra na jogada é o Cortex-A15 de 1.6 GHz.

O ponto principal que pesa contra o octa é a falta do suporte a 4G. Há quem se importe bastante com isso, crendo fielmente que a tecnologia fará toda a diferença no Brasil. O modelo também vem recebendo críticas da mídia especializada, que questiona a eficiência do Exynos 5. Alguns não aceitam a nomenclatura Octa-core dada pela Samsung, pelo fato dos processadores não trabalhem juntos. Já os primeiros usuários afirmam que a versão costuma esquentar além do normal.
[ Vou de I9505, pois quero navegar com velocidade de até 50 Mbps com meu 4G... ]
 Ok, amigo. Pegue suas trouxas e se mude para a Coreia do Sul, talvez. Ter um aparelho 4G no Brasil, hoje, não significa que você encontrará velocidades assustadoramente melhores que as encontradas no 3G, principalmente se você estiver fora das principais capitais e cidades do país. A escolha pela versão I9505, com 4G, pode se justificar pela segurança da combinação Snapdragon 600 mais GPU Adreno 320, além do fato que, daqui a um ano, é possível que os modelos compatíveis com internet 4G estejam mais valorizados para uma possível revenda. 
[ E na prática? Há diferença de performance entres as versões? ]
 Segundo a Samsung, não. A empresa afirmou, categoricamente, que os usuários que comprarem o Galaxy S4 não precisarão se preocupar com o modelo de processador que equipará o aparelho, pois, mesmo que em alguns testes o Exynos 5 tenha se revelado mais rápido que o Snapdragon 600, esta diferença será imperceptível ao usuário. Analisando o vídeo abaixo (em inglês) é possível notar uma diferença irrisória entre as versões, a favor do I9500, inclusive no quesito bateria. E aí, qual será a sua opção? 

[Artigos Relacionados]

[ Artigos Mais Lidos ]